Sua Carreira com Especialista

Este é o jeito certo de liderar equipes com pessoas de diferentes gerações

Geração Z, geração Y, geração X, Baby Boomers...... como liderar uma equipe com tanta gente de idade diferente?

access_time 8 jun 2018, 08h48

São Paulo – Como conseguir engajar uma equipe diversa na busca pelo resultado é o tema do vídeo de carreira de hoje. A diretora de operações da Produtive, Claudia Monari, explica que é desafiador para o líder gerenciar pessoas de diferentes gerações e tem uma dica para ajudar.

Notícias sobre
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Ronaldo Rodrigues da Silva

    Infelizmente, essa explicação foi muito rasa. Aproveitar os potenciais de cada recurso (funcionário) é uma estratégia óbvia, isso todo mundo já sabe. Não respondeu a pergunta: qual é o jeito certo de liderar equipes com pessoas de diferentes gerações? Se você tem na mesma equipe gerações diferentes, o que é recorrente acontecer são as gerações mais velhas tentarem subjugar as pessoas de gerações mais novas, ao mesmo tempo que pessoas mais novas estão cheias de ímpeto para fazer e acontecer. Esse é o conflito mais comuns nos escritórios atualmente. Eu vim aqui interessado em descobrir alguma resposta para esse impasse e estou meio decepcionado com a resposta.

  2. Celso Luis Gagliardo

    Ronaldo. Sua colocação é muito interessante. O conflito ocorre, mesmo, e em geral as lideranças não estão preparadas para a demanda. O que temos recomendado é que o Gestor (talvez com ajuda de RH, etc.) faça contínua integração entre esses grupos mostrando a importância das características de cada um para o resultado esperado. Eles precisam entender e aceitar que se complementam, que essas diferenças podem se potencializar favoravelmente. Os ruídos são inevitáveis. Exige um certo preparo prévio (pensar) para o Gerente poder trabalhar com habilidade essa questão. Abraço.