Como trabalhar a resiliência se tudo muda tão rapidamente?

Ninguém "sobrevive" se não for resiliente e isso não tem nada a ver com a acepção pejorativa do termo

São Paulo – Rubens Prata, CEO da STATO, explica que a resiliência é a capacidade de se adaptar e se preparar para as mudanças. Segundo ele, diante do atual cenário, ninguém sobrevive se não for resiliente e isso não tem nada a ver com a acepção pejorativa do termo, usado muitas vezes para justificar exploração da mão-de-obra. Confira, em mais um dos vídeos de carreira.

Notícias sobre