Seu Dinheiro com Especialista

Devo comprar algo que custa mais de mil reais pela internet?

Logo após a Black Friday, já tem gente se arrependendo de ter comprado itens muito caros pela internet. Vale a pena fazer isso?

access_time 7 dez 2018, 15h22 - Publicado em 28 nov 2016, 15h13

São Paulo – Logo após a Black Friday, já tem gente se arrependendo de ter comprado itens muito caros pela internet. Vale a pena fazer isso? Veja a resposta no vídeo de finanças pessoais de hoje, com o consultor financeiro André Massaro.

Crédito da foto: Pinkypills/Thinkstock

Notícias sobre
Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Paulo Oliveira

    Fazer compra pela internet, não é tão prazerosa como ver a mercadoria ou o bem que se quer adquirir em uma loja ou shopping; pagar antes e receber depois não é a mesma sensação.

  2. Muitas sites são seguros para compra de valores maiores. É importante efetuar uma pesquisa sobre a idoneidade da empresa.

    Em relação ao comentário de que a compra não é tão prazerosa pela internet é porque as pessoas estão comprando de forma errada, quem compra simplesmente por prazer pode estar se metendo em sérios apuros financeiros.

  3. Paulo Oliveira

    Nem dez reais, a internet não foi inventada para fazer compras, o lugar certo é em uma loja com mercadorias expostas e balconistas.

  4. “O homem é eternamente insatisfeito e esta insatisfação é que alavanca o progresso. Se não fosse insatisfeito, provavelmente, ainda estaria morando em cavernas”.