Segunda sangrenta: derrota de Macri na Argentina pode contagiar o Brasil?

Dólar chegou a R$ 4 e Ibovespa recuou mais de 2% diante de poucas chances de vitória de um governo liberal no país vizinho

O peso argentino e o real recuaram com força contra o dólar após o resultado das eleições primárias na Argentina no domingo (11), mostrando grandes chances de derrota do candidato à reeleição Maurício Macri. As urnas apontaram para uma possível vitória da oposição apoiada por Cristina Kirchner. O Ibovespa também despencou. Assista ao Direto da Bolsa.

Notícias sobre