Guerra das maquininhas: por que a ação da Cielo subiu após lucro fraco

Concorrência agressiva nos meios de pagamentos promete agitar as ações da bolsa nesta safra de balanços

São Paulo – As ações da líder de pagamentos eletrônicos Cielo avançavam mais de 2% na manhã desta quarta-feira (24), após a empresa divulgar um lucro líquido 33% menor que no ano anterior, com a guerra das maquininhas mais acirrada do que nunca. As concorrentes PagSeguro e Stone divulgam seus balanços em agosto. Quem vai sobreviver nessa disputa? Assista ao Direto da Bolsa.

Notícias sobre