China levanta dúvida sobre acordo comercial e reduz otimismo nos mercados

No Brasil, Ibovespa amanheceu em queda, mas se recuperou ainda no início do pregão; nos EUA, continuam sem direção definida

Os mercados globais amanheceram sem direção definida nesta segunda-feira (14), após a Bloomberg informar que a China pretende conversar mais antes de assinar um acordo comercial preliminar com os Estados Unidos. A notícia chega após sessão de fortes altas na última sexta-feira (11).

Nas primeiras horas de pregão desta segunda, os índices acionários americanos oscilavam entre altas e baixas. Já os principais mercados da Europa fecharam em queda. No Brasil, o Ibovespa abriu em terreno negativo, mas logo se recuperou. Às 11h35, o índice avançava 0,41% e ficava em 104.261 pontos.

Notícias sobre