Ações do Alibaba sobem mais de 6% em estreia na Bolsa de Hong Kong

Varejista levantou cerca de 11 bilhões de dólares com emissão de ações em mercado asiático

O maior grupo de comércio digital da China, o Alibaba, teve mais uma estreia positiva no mercado financeiro. Após fazer o até então maior IPO da história na Bolsa de Nova York, em 2014, o gigante chinês resolveu abrir capital em Hong Kong.

Com a listagem secundária, realizada nesta terça-feira (26), estima-se que a companhia tenha conseguido levantar cerca de 11 bilhões de dólares. A operação, que visa melhorias operacionais e financiamento de projetos de inovação, foi vista com otimismo por parte dos investidores e seus papéis encerram o pregão com alta de 6,6% na Bolsa de Hong Kong.

Embora o mercado local esteja passando por um ano difícil, com o principal índice acionário, o Hang Seng, acumulando quedas desde o início da onda de protestos, o momento pode ser bom para a varejista emitir ações. Isso porque, nos Estados Unidos, seus papéis acumulam alta de quase 40% no ano.

Outra razão para a abertura de capital em Hong Kong seria ficar mais perto de investidores da Ásia, onde os mercados operam em horários opostos ao americano.

Notícias sobre