Zuckerberg garante que ainda é a pessoa certa para chefiar Facebook

Criador da rede social disse que viver é "aprender com os erros e descobrir como seguir adiante"

O CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, envolvido em um escândalo sobre difusão de dados pessoais dos usuários da rede social, assegurou nesta quarta-feira (4) que continua sendo a pessoa adequada para dirigir o grupo, apesar dos “erros” cometidos no passado.

Perguntado, durante coletiva de imprensa telefônica, se continuava sendo a pessoa certa para dirigir a empresa, Zuckerberg respondeu: “sim”, apesar dos “erros” que voltou a admitir sobre a proteção de dados pessoais ou a luta contra manipulações políticas.

“Acho que viver é aprender com os erros e descobrir como seguir adiante”, afirmou.

“Quando se está construindo algo como o Facebook, que não tem precedentes no mundo, há coisas que você vai estragar. O que eu acho que as pessoas devem nos responsabilizar é se vamos aprender com nossos erros”.