Zuckerberg defende compra do WhatsApp pelo Facebook

Na semana passada, o Facebook chegou a um acordo para comprar o WhatsApp por US$ 19 bilhões

Barcelona – O CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, disse nesta segunda-feira, 24, que o serviço de mensagens instantâneas WhatsApp vale mais do que a companhia concordou em pagar. Na semana passada, o Facebook chegou a um acordo para comprar o WhatsApp por US$ 19 bilhões.

Segundo Zuckerberg, o WhatsApp é uma plataforma rara que tem o potencial para alcançar bilhões de usuários.

Na sessão de perguntas e respostas do Mobile World Congress em Barcelona, Zuckerberg disse que o preço que ele concordou em pagar pelo serviço era justificado porque, com cerca de 450 milhões de usuários atualmente, o WhatsApp é dos poucos serviços que pode chegar a um bilhão de usuários.

O CEO do Facebook disse que outros serviços de mensagens já estão capitalizando a US$ 2 até US$ 3 por usuário, com “esforços iniciais”.

Por volta das 16h34 (de Brasília), as ações do Facebook subiam 3,83% em Nova York. Fonte: Dow Jones Newswires.