Zenfone Zoom é uma câmera que funciona como smartphone

logo-infolab

São Paulo — A câmera é um dos itens mais desejados pelos brasileiros quando o assunto é smartphone, como mostra uma pesquisa da consultoria GfK. Buscando conquistar o público, a Asus criou o Zenfone Zoom, um gadget que tem zoom óptico, algo raro de se ver porque requer uma estrutura física com tamanho acima da média para caber em um smartphone. Num claro esforço combinado de engenharia e design, a fabricante conseguiu colocar o recurso no seu Zenfone mais potente, que tem preços sugeridos que variam entre 2.699 reais e 3.299 reais.  

<

h3>Design 

Não seria justo comparar a espessura do Zenfone Zoom com a de concorrentes que prezam pela finura, como o iPhone 6s. O módulo necessário para o zoom é o que dá o tom do visual desse produto. 

Por conta disso, é fácil notar que a Asus quer que você utilize esse aparelho para fotografias. Há ainda um botão dedicado para fotos, como nos concorrentes da Sony. 

Quando tiramos a tampa traseira do Zenfone Zoom, que é revestida de couro legítimo (que, segundo a Asus, seria descartado pela indústria automotiva), vemos uma bateria fixa. Sobre ela, ficam os slots para chip de operadora e para cartão microSD. O alto-falante do produto é encontrado logo abaixo. 

Foto por: Lucas Agrela/EXAME.com

Os botões de ativação e controle de volume ficam na lateral direita do produto, o que pode ocasionar confusão num primeiro momento, fazendo com que vocë reduza o volume em vez de desbloquear a tela. Mas isso se resolve com alguns dias de uso.  

Vale notar que a lateral do smartphone também é feita de metal, o que dá refinamento à construção geral do aparelho. 

<

h3>Câmera 

A câmera principal do Zenfone Zoom tem 13 MP, flash LED duplo e permite tirar fotos com zoom óptico de até 3X. Se o usuário quiser aproximar ainda mais a imagem, isso é feito com zoom digital, que vai até 12X.  

O que constatamos nos testes é que o smartphone aumenta o ISO quando utilizamos zoom o óptico no modo automático de captura. Isso fez com que as imagens ficassem um tanto lavadas ou granuladas sob iluminação natural.  

Foto por: INFOlab

Foto por: INFOlab

Foto por: INFOlab

Foto por: INFOlab

Quando utilizamos o recurso no modo manual, mantemos o ISO baixo e seguramos o smartphone com firmeza, com braços apoiados em uma bancada. Conseguimos resultados melhores, o que mostra que o desempenho do Zenfone Zoom em situações com ISO alto não se sai muito bem. 

A definição das fotografias, por outro lado, é boa quando não usamos o zoom. O aparelho ainda não supera câmeras de produtos como o iPhone 6s, mas ele certamente tem a melhor câmera vista em um smartphone da Asus até hoje.  

Uma maneira de melhorar a qualidade das imagens com o zoom óptico ativo é utilizar o modo de captura pré-programado chamado Super Resolução. O que esse pre-set faz é combinar várias fotogafias em uma só, o que requer alguns segundos de pós-processamento. No entanto, ele pode melhorar a definição das imagens.

Foto por: INFOlab

Foto por: INFOlab

Algo interessante, por exemplo, é o botão físico de captura. Assim como em uma DSLR, há dois níveis de pressão. Primeiramente, você o pressiona para travar o foco em um ponto. Depois, basta afundar um pouco mais o dedo e realizar a captura. Esse é um recurso raro de se ver em smartphones, apesar de ser comum em câmeras.

Em vídeos, o desempenho do Zenfone Zoom foi interessante. Quando o zoom foi usado, a qualidade da imagem foi mantida, apesar da mudança da exposição.  


 
A câmera frontal tira fotos com 5 MP e conta com alguns modos de captura e com um recurso de embelezamento, que tenta eliminar imperfeições do rosto do usuário. A qualidade das imagens é boa, especialmente por se tratar de uma câmera para selfies. Algo bacana é que dá para fazer fotos panorâmicas, por mais que seja um pouco difícil de deixá-las perfeitas.  

Foto por: INFOlab

Foto por: INFOlab

Foto por: INFOlab

<

h3>Bateria 

Como a maioria dos smartphones da Asus com processador Intel, o calcanhar de Aquiles do Zenfone Zoom é a duração de bateria. No teste do INFOlab, ele ficou abaixo dos concorrentes premium disponíveis no mercado, que têm duração média de 9 horas. Seu resultado foi de 6 horas e 45 minutos, o que significa que você pode precisar de uma carga no meio do dia se usar muito o smartphone.  

<

h3>Configuração 

O Zenfone Zoom é o smartphone mais potente da Asus no Brasil. No entanto, vale o alerta: há duas versões à venda. Uma delas, a mais barata, tem processador Intel Atom de 2,3 GHz e 64 GB de armazenamento interno, enquanto a outra tem um Intel Atom de 2,5 GHz e 128 GB de memória. Esta segunda é que foi usada pelo INFOlab nos testes para esta análise. 

O aparelho testado tem também 4GB de memória RAM, tela de 5,5 polegadas com resolução Full HD (densidade de 403 pixels por polegada) e bateria com capacidade de 3.000 mAh. 

Nos benchmarks, o Zenfone Zoom mostrou que é melhor de força do que de fôlego. Ainda assim, a potência não chega a bater aquela vista em produtos com chipset da Qualcomm e vendidos na mesma faixa de preço, como o Motorola X Force, que usa um Snapdragon 810. Veja a seguir.

AnTuTu (em pontos) Barras maiores indicam melhor desempenho
Zenfone Zoom 41795
Moto X Force 75272
Basemark OS II (em pontos) Barras maiores indicam melhor desempenho
Zenfone Zoom 978
Moto X Force 1161
Vellamo (em pontos) Barras maiores indicam melhor desempenho
Zenfone Zoom 3333
Moto X Force 3817
Geekbench (em pontos) Barras maiores indicam melhor desempenho
Zenfone Zoom 2891
Moto X Force 3639

 

Sistema 

O sistema do Zoom é o Android 5.0 Lollipop, o que significa que ele já sai de fábrica com uma versão antiga do sistema do Google, que se encontra na edição 6.0 Marshmallow.  

Fora isso, o sistema tem vários aplicativos pré-instalados e modificações de interface por toda parte. Alguns dos apps são úteis, como o assistente de áudio, que permite mudar a configuração sonora do seu aparelho, o Weather, que mostra previsão do tempo, e o PhotoCollage, que permite criar montagens com as suas fotografias.  

Mas quem gosta de poder apagar tudo que vem no smartphone pode ficar desapontado ao descobrir que os apps da Asus são nativos. No entanto, se o intuito for apenas liberar espaço na memória, talvez isso não seja um problema, já que não se trata de um produto com pouca capacidade nesse quesito.  

Quem nunca teve um smartphone, por outro lado, pode aproveitar para descobrir o mundo dos aplicativos com as várias opções que vêm no aparelho da Asus. 

<

h3>Vale a pena? 

O Zenfone Zoom é um aparelho que se propõe a ser uma câmera, em primeiro lugar. Nesse quesito, ele se sai acima da média dos smartphones, mas não chega a bater opções topo de linha da Apple ou da Samsung. No restante, ele é um bom smartphone também, ainda que não esteja à altura de um produto com leitor biométrico, longa duração de bateria e recursos exclusivos, como aparelhos de outras fabricantes. Se você gosta de fotografar ou quer aprender um pouco mais sobre essa arte sem comprar uma câmera DLSR, o Zoom pode ser uma opção interessante. Isto é, claro, se o design do produto for agradável ao seu gosto pessoal.  

Ficha técnica

Sistema operacional Android Lolllipop
Chipset Intel Atom Z3580
CPU Quad-core 2.3 GHz
GPU PowerVR G6430
RAM 4 GB
Armazenamento 128 GB + microSD de até 64 GB
Conexões 4G; Wi-Fi ac dual band; GPS com A-GPS, Glonass; Bluetooth 4.0
Tela 5,5” Full HD
Peso 185 g
Bateria 3.000 mAh
Câmeras 13 MP e 5 MP

Avaliação técnica

Prós Zoom óptico, alta capacidade de armazenamento, tela grande e 4G.
Contras Desempenho do ISO da câmera deveria ser melhor e a bateria tem baixa duração para a categoria.
Conclusão Bom smartphone para iniciantes na arte da fotografia.
Configuração 8.0
Usabilidade 8.7
Foto 8.0
Bateria 6.0
Design 7.8
Média 8.0
Preço R$ 3.299