Zenfone 2 Selfie

-

logo-infolab

Depois de sentir o mercado com os Zenfones 5 e 6, a Asus chegou com mais força ao mercado brasileiro em 2015. Um dos quatro smartphones lançados pela empresa neste ano foi o Zenfone 2 Selfie. O aparelho é o único a contar com câmera frontal de 13 megapixels. Até iluminação essa câmera tem.

Se as fotos não atraem você, o Zenfone 2 Selfie pode te ganhar por um outro motivo: ele tem um ótimo desempenho. A experiência de uso do aparelho foi livre de problemas, apesar de faltar um pouco mais de poder de processamento gráfico para jogos pesados.

Assim como a Asus fez em toda a sua nova linha de smartphones no Brasil, o Selfie tem suporte para dois chips de operadoras e conexão de dados 4G. No review a seguir, você lerá mais detalhes sobre o aparelho e descobrirá que ele é uma versão diferente do Zenfone 2, apesar de levar o nome da mesma família de produtos.

Design

O Zenfone 2 Selfie tem um corpo feito em plástico, com tampa traseira e bateria removíveis. As opções de cores são branca, azul claro e rosa – uma versão preta certamente faz falta. Em suas peças publicitárias, a Asus claramente direciona as vendas do produto para o público feminino, o que é estranho, já que um smartphone não deveria ser algo voltado para homens ou mulheres. O que realmente importa é que o Selfie tem um tamanho já padrão no mercado. Sua tela, entretanto, tem 5,5 polegadas, como todos os quatro Zenfones 2. O aparelho é menor do que o Zenfone 6, que tem somente meia polegada a mais de tela, apesar da taxa de aproveitamento da parte frontal entre os dois ser mais baixa (68,3% contra 70,5%). Ponto para a Asus aqui.

Como a grande maioria dos smartphones atuais, é preciso interagir com o Zenfone 2 Selfie com as duas mãos em diversas situações de uso. Mas um problema aparece quando precisamos segurar o produto na vertical com apenas uma das mãos e ouvir algo sem fones de ouvido: o posicionamento do alto-falante. Ele fica na parte traseira inferior do gadget e isso faz com que o usuário cubra-o ao segurá-lo. Por outro lado, a experiência sonora pode ser melhorada quando seguramos o aparelho na horizontal e formamos uma concha com a mão direita (ou esquerda, se você for canhoto). Isso fará com que o volume pareça um pouco mais alto.

O display é IPS (In-Plane Switching), uma organização de cristal líquido que favorece os ângulos de visão. Fora isso, a tela utiliza a tecnologia LCD LED e tem resolução Full HD (1.080p). A proteção da tela é da Corning, o Gorilla Glass 4. Esse material suporta quedas em superfícies duras, como o asfalto, em até 80% dos casos. Essa proteção também está em produtos como o Galaxy S6. O vídeo a seguir, feito pela equipe da Tech Break, mostra bem a durabilidade do Gorilla Glass 4. Vale a pena conferir.

Um último ponto a mencionar no quesito design: a barra interior reflexiva que a Asus usa em seus smartphones também está no Zenfone 2 Selfie para dar o refinamento típico da parte frontal.

Configuração

Esse smartphone é o primeiro da Asus no Brasil a chegar com chipset da Qualcomm e não da Intel. O interessante é que a escolha foi usar o Snapdragon 615, que é octa-core. O mesmo componente também equipa os Moto X Play e Xperia M4 Aqua, ambos mais caros do que o Selfie. Mas a quantidade da memória RAM do aparelho da Asus é maior do que a desses concorrentes. Em vez de vir com 2 GB, ele vem com 3 GB. Com isso, a experiência de uso do smartphone no INFOlab foi livre de problemas. O desempenho foi bom o suficiente para realizarmos atividades corriqueiras sem surpresas ruins.

Os engasgos de performance apareceram somente na hora de rodar jogos pesados. A queda de framerate em jogos como Mortal Kombat X e Asphalt 8 foi evidente durante os testes. Ainda assim, dá para jogar Plants vs. Zombies ou qualquer outro jogo mais leve sem problemas no Zenfone 2 Selfie.

Um detalhe interessante é que a Asus colocou Wi-Fi padrão ac no aparelho, um recurso que a Motorola tirou do Moto X Play – mas que estava presente no Moto X de segunda geração.

A boa performance mencionada se reflete nos resultados de benchmarks listados a seguir.

BateriaA gestão de energia sempre é um problema para as fabricantes de smartphones. Poucas delas conseguiram melhorias significativas nesse quesito nos últimos tempos. Bons exemplos são a Motorola e a Samsung, donas de aparelhos recordistas de duração de bateria no INFOlab. Um mau exemplo é a Asus.Nenhum dos smartphones da empresa aguentou sequer por 10 horas o teste de bateria que realizamos por aqui. O resultado não foi diferente com o Zenfone 2 Selfie. O produto aguentou por oito horas e quinze minutos, uma autonomia baixa quando comparada com a de smartphones que chegam a ser mais baratos, como o Moto G de terceira geração e o Galaxy J5. Ainda bem que a Asus lançou, junto com o Selfie, uma bateria portátil de 10 040 mAh. Você provavelmente vai precisar de uma dessas no dia a dia, se você for heavy user de smartphone.SistemaO Android presente no Zenfone 2 Selfie é o 5.0.2 Lollipop. Mas ele não é essencialmente puro, como nos produtos da Motorola. A Zen UI é como a Asus chama a sua personalização do sistema. Ela tem mais de 1 mil de modificações, segundo a fabricante. Até a calculadora é diferente. Isso traz coisas boas e coisas ruins ao Selfie.Comecemos pelas boas. Ao pressionarmos o botão de multitarefa, encontramos um atalho para fechar de uma vez todos os aplicativos em execução – algo que todo smartphone deveria ter. Outro recurso bacana que vem nesse Zenfone é o PC Link, um app que permite controlar o smartphone a partir de um computador. A interface do aparelho é espelhada no computador – e pode até mesmo ser controlada por toque, desde que tela do PC tenha suporte a esse tipo de interação.Por outro lado, a quantidade de aplicativos pré-instalados no aparelho é enorme. Se você não gosta desse tipo de coisa, esse é um grande ponto negativo do produto. Muitos desses apps não podem ser removidos por meios convencionais. Em linhas gerais, a Zen UI requer adaptação do usuário.CâmeraAqui é o ponto em que o smartphone se destaca em relação ao mercado. Nenhum outro smartphone disponível no Brasil tem um conjunto de câmeras com mais resolução do que o Zenfone 2 Selfie. As câmeras, frontal e traseira, têm 13 megapixels cada uma. Antes desse aparelho chegar ao mercado, o produto com melhor câmera dianteira era o Huawei Ascend P7. Agora, o aparelho da Asus rouba a liderança nesse quesito. Para as fotos tiradas em ambientes mal iluminados, há o que parece ser um flash na câmera dianteira. Mas não há um capacitor para causar a explosão de luz de um flash. Sendo assim, o que o aparelho tem é uma lâmpada LED de intensidade moderada. A iluminação é suficiente para clarear o seu rosto, mas, na escuridão, a foto ainda ficará com ruído. O ideal é ter mais alguma fonte de luz no ambiente.Agora, em ambientes bem iluminados ou ao ar livre, a qualidade das fotografias tiradas com a câmera frontal do Zenfone 2 Selfie é excepcional. O nível de detalhe é alto. Como há um recurso de embelezamento ativado, se você busca fidelidade, o melhor é desligá-lo. A qualidade das fotos tiradas com a câmera principal do Selfie é boa e lá, sim, temos um flash de verdade. Aliás, ele é duplo, o que ajuda a obter cores mais fieis do que quando usamos um aparelho com um flash comum. Em resumo: as fotos não ficam esbranquiçadas facilmente.

Foto por: INFO

Foto por: INFO

Os recursos de software da câmera do Zenfone 2 Selfie são abundantes e oferecem uma boa experiência de exploração para os novos compradores. Confira alguns exemplos a seguir.

Foto por: INFO

Foto por: INFO

Foto por: INFO

Para vídeos, o Zenfone 2 Selfie também oferece resultados de qualidade satisfatória. A filmagem acontece em Full HD. Confira um exemplo abaixo.Vale a pena?Por 1.300 reais (ou menos), o Zenfone 2 Selfie se encaixa em um nicho de mercado, junto com o Moto X Play: aparelhos com boa configuração e ótimas câmeras, mas que sofrem para executar games pesados. Exceto pela duração de bateria, que poderia ser melhor, visto o que já faz a concorrência, esse smartphone da Asus é uma opção de compra com boa relação custo-benefício – desde que você não se importe com a Zen UI.Ficha técnicaAvaliação técnica

Vellamo (em pontos) Barras maiores indicam melhor desempenho
Zenfone 2 Selfie 2242
GFX Bench (em pontos) Barras maiores indicam melhor desempenho
Zenfone 2 Selfie 5.5
AnTuTu (em pontos) Barras maiores indicam melhor desempenho
Zenfone 2 Selfie 36971
BaseMark OS II (em pontos) Barras maiores indicam melhor desempenho
Zenfone 2 Selfie 308
Geekbench (em pontos) Barras maiores indicam melhor desempenho
Zenfone 2 Selfie 2471
3D Mark (em pontos) Barras maiores indicam melhor desempenho
Zenfone 2 Selfie 7361
Sistema Android 5.0.2 Lollipop
Chipset Qualcomm Snapdragon 615
CPU Quad-core Cortex-A53 e quad-core Cortex-A53
GPU Adreno 405
RAM 3 GB
Armazenamento 32 GB + microSD de até 64 GB
Tela 5,5” (1920 x 1080)
Câmeras 13 MP e 13 MP
Conexões 802.11ac, Bluetooth 4.0,
Bateria 8h15
Dimensões 156.5 x 77.2 x 10.8 mm
Peso 170 g
Prós Configuração boa para o preço; Câmeras de 13 MP; Recursos de software para fotos.
Contras Bateria poderia durar mais; posicionamento do alto-falante; engasga em jogos pesados.
Conclusão Smartphone com custo-benefício voltado para fotografia.
Configuração 8,5
Usabilidade 8,8
Foto 9
Bateria 7,5
Design 8,0
Média 8.5
Preço R$ 1.300