YouTube abandonará anúncios de 30 segundos impossíveis de pular

Empresa briga contra a expansão dos vídeos no Facebook, que devem começar a exibir propagandas em breve

São Paulo – Se você assiste a muitos vídeos no YouTube, provavelmente já deparou com um anúncio com duração de 30 segundos que não pode ser “pulado”. A partir de 2018, esse formato de propaganda não vai mais existir.

De acordo com o Business Insider, a empresa optou por formatos que funcionam melhor tanto para internautas quanto para anunciantes.

Recentemente, o YouTube adotou um modelo de propaganda com duração de 6 segundos que não pode ser descartada.

O YouTube briga contra a expansão dos vídeos no Facebook, que começarão a exibir anúncios em breve. Os testes já começaram, mas a empresa ainda deve informar publicamente quando as propagandas serão inseridas em seus vídeos.

O Google informou, no ano passado, que a taxa de visualização dos anúncios que veicula antes dos vídeos criados por internautas é de mais 90%, em comparação com a média de 66% do restante dos sites de vídeos.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.