WikiLeaks: Manning será acusado em 23 de fevereiro

Soldado será julgado nos EUA por ter entregue documentos secretos para o site

O soldado Bradley Manning, acusado de ter entregue milhares de documentos confidenciais ao site WikiLeaks, será acusado formalmente em 23 de fevereiro em Fort Meade (Maryland), antes do julgamento em uma corte marcial, informou o exército americano nesta quinta-feira.

Manning, 24 anos, receberá 22 acusações, entre elas a de “conivência com o inimigo”. Se for declarado culpado, pode pegar prisão perpétua, segundo um comunicado do exército.

O soldado é acusado de ter entregue entre novembro de 2009 e maio de 2010 ao WikiLeaks cerca de 260.000 telegramas diplomáticos confidenciais relacionados às guerras no Iraque e Afeganistão, entre outros documentos.