WhatsApp é removido da loja de aplicativos do Windows Phone

Empresa informou que o motivo da remoção é a correção de "problemas técnicos" no aplicativo

São Paulo – No último domingo (18), o WhatsApp foi removido da loja de aplicativos do Windows Phone. Contudo, quem já o possuía pode continuar usando o app normalmente.

Ao WPCentral, a empresa informou que o motivo da remoção é a correção de “problemas técnicos” no aplicativo.

A empresa pediu desculpas aos usuários e disse que está trabalhando “em conjunto com a Microsoft para resolver os problemas e espera voltar ao ar em breve”. Entretanto, ainda não há uma data oficial para o retorno do app à Windows Phone Store.

A página oficial do WhatsApp para os smartphones com sistema da Microsoft está repleta de internautas reclamando de problemas.

Atualmente, a companhia conta com cerca de 500 milhões de usuários ativos e busca dobrar esse número em pouco tempo.

Vale lembrar que o WhatsApp foi comprado pelo Facebook, no começo deste ano, por 19 bilhões de dólares. A empresa deve aumentar valor da anuidade e oferecer um recurso que permite fazer chamadas de voz.