Volkswagen interrompe envio de e-mails fora do horário de expediente

Volkswagen, maior montadora da Europa, firma acordo com funcionários para restringir o encaminhamento de mensagens em horas de folga

São Paulo – Quem acessa a caixa de e-mail corporativo via smartphone, geralmente tem a irritante mania de checar, de hora em hora, se está tudo “ok” no trabalho. O efeito negativo que a prática tem sob a saúde deste grupo mais dedicado à vida profissional, cedo ou tarde começa a aparecer, pois a estafa é quase inevitável.

A Alemanha, ciente da importância que a saúde mental da sua força de trabalho tem para a economia, não apenas do país, mas de todo a zona do euro, está cada vez mais preocupada em esforços para manter a vida pessoal da classe trabalhadora em equilíbrio com o lado profissional. Um exemplo é um acordo firmado ontem à noite entre a Volkswagen, maior montadora do velho continente, e representações sindicais de funcionários, que vai restringir o envio e recebimento de e-mail corporativo fora do horário de expediente.

De acordo com informações do jornal alemão Handelsblatt, servidores da VW vão encerrar o envio de mensagens trinta minutos depois do encerramento da jornada de trabalho e só vai retomar o encaminhamento de e-mails meia hora antes do início do expediente no dia seguinte. A nova regra já está em vigor e vai afetar cerca de mil pessoas que acessam e-mails através de aparelhos BlackBerry, smartphones fornecidos pela empresa para seus empregados.

Ainda de acordo com reportagem do jornal, um porta-voz da empresa teria dito que o acordo representa o equilíbrio “justo” de interesses entre empresa, funcionários e sociedade.