Vivo lança app para disputar com WhatsApp

Com o lançamento do TU Go, a Vivo pretende tirar uma fatia do mercado dominado pelo WhatsApp e o Viber no Brasil

São Paulo – Com o objetivo de competir pelo mercado de aplicativos de voz e mensagem, tomado pelo WhatsApp e Viber, a Vivo lançou ontem (27) um app de mensagens e ligações, o TU Go. O aplicativo está disponível para Android, Windows Phone e iPhone.

Com uma interface parecida com a do WhatsApp (até o logo é similar), o aplicativo da Vivo permite que o usuário troque mensagens de texto e realize chamadas sem custo adicional. No entanto, caso o cliente utilize a rede móvel (2G, 3G ou 4G) irá pagar pelos dados carregados.

Vale ressaltar que apenas usuários da Vivo poderão utilizar o serviço – uma restrição que não existe para o WhatsApp. Contudo, diferentemente de seu concorrente, o TU Go pode ser utilizado em até seis aparelhos cadastrados para a mesma linha ao mesmo tempo.

Além de estar disponível para smartphones e tablets, o app também pode ser usado a partir de um site, em uma versão web. Porém, as ligações serão cobradas pela Vivo na linha da assinatura.

Dessa forma, é importante frisar que as mensagens e as chamadas enviadas pelo app serão tarifados de acordo com o plano de cada cliente, seja ele pré ou pós-pago.

Uma das vantagens do TU Go é que as chamadas internacionais serão cobradas como se elas tivessem sido originadas no DDD do usuário. Outro benefício é no caso de recebimento de chamadas fora de seu DDD, pois o cliente não receberá a cobrança de taxa de deslocamento.

Essa política de cobranças da empresa pode estar relacionada com a rivalidade de Amos Genish, presidente da Vivo e da Telefonica no Brasil, com o WhatsApp.

Para Genish, a aplicação de voz do WhatsApp e o uso de número de operadoras sem pagar à companhia são inaceitáveis. Se os números fossem dados de graça, sem ter que pagar Fistel (fundo contábil) por eles, eu não importaria que alguém usasse, disse o empresário na convenção Futurecom 2015, que aconteceu hoje (28), em São Paulo.

Genish ainda criticou a Anatel por não se posicionar sobre o assunto. Nós [empresas de telecomunicação] só queremos regras iguais para todos, reforçou.

Vivo Easy

Além de comentar sobre o TU Go, Genish também falou sobre um novo plano da Vivo, que estará disponível para os clientes da operadora em novembro. Chamado de Vivo Easy, a plataforma permite que o usuário gerencie seu plano pelo smartphone a partir de um app.

Algumas das funções disponíveis estão a consulta de saldos de créditos e o quanto gastou deles. O app também permite que o usuário faça mudanças em seu pacote de dados.

Nós queremos que o cliente não precise mais ligar para a operadora ou ir até a loja. Isso vai mudar a qualidade de experiência do usuário, comentou Genish.

O presidente da Vivo também afirmou que a empresa ainda irá lançar mais aplicativos no decorrer dos anos 2015 e 2016. Para isso, a operadora utilizará sua base de dados para personalizar os serviços. Vamos usar o big data, pois esse é, sem dúvida, o futuro, finalizou.

Veja como Vivo TU Go funciona no vídeo abaixo: