Versão modificada da espada de Bilbo detecta Wi-Fi ao invés de orcs

A versão moderna da Ferroada fica azul toda vez que está próxima a uma rede desprotegida

Uma empresa criou uma versão da espada de Bilbo Bolseiro que fica azul toda vez que detecta uma rede de Wi-Fi desprotegida, ao invés de avisar sobre a chegada orcs e goblins, como a arma faz na obra de Tolkien.

A versão da Ferroada para os tempos hackers foi desenvolvida pela Spark, uma empresa que vende hardwares modificados, para celebrar o lançamento do último filme da trilogia O Hobbit nos cinemas.

A empresa transformou um modelo de brinquedo da espada e em um objeto que pode detectar e se conectar a redes de internet.

Toda vez que ela está próxima de uma rede Wi-Fi, a Ferroada fica azul. Se a espada é empunhada, ela irá se conectar a rede.

Chamado WarSting (em inglês, a espada se chama “Sting”), o projeto é baseado em uma coleira para gatos que encontra redes Wi-Fi, a WarKitteh.

A Spark divulgou em seu site um tutorial no qual ensina a transformar uma Ferroada de brinquedo em uma WarSting. Assista ao vídeo no qual os “poderes” da espada são demonstrados:

 
//www.youtube.com/embed/rmjkUv5OtLM