Veículos autônomos preocupam FBI

São cogitadas situações do cotidiano e casos extremos, como um carro ser equipado com explosivos e ser guiado remotamente até determinado alvo

São Paulo – A iminente chegada de veículos autônomos ao mercado global tem levantado muitas discussões sobre a segurança do trânsito, mas a polícia norte-americana tem focado em outro aspecto que pode ser explorado por esse tipo de carro: sua utilização como “arma”.

De acordo com o período britânico The Guardian, o alto comando do FBI tem se reunido para pensar em cenários problemáticos envolvendo veículos autônomos.

São cogitadas situações do cotidiano, como uma perseguição policial em que os meliantes poderão deixar o volante para se dedicar ao enfrentamento, e até casos extremos, como um carro ser equipado com explosivos e ser guiado remotamente até determinado alvo.