Um em cada dez americanos deixa de lado dispositivos vestíveis, diz estudo

Gadgets vestíveis devem ter bom design, objetivo de uso e método eficiente de recarga de bateria

Um estudo divulgado no último domingo (06/04) indica que os americanos que compraram dispositivos vestíveis os abandonaram após alguns meses de uso. Um em cada dez consumidores com mais de 18 anos não utiliza mais, por exemplo, o seu relógio inteligente, de acordo com uma pesquisa realizada pela consultoria Endeavour Partners.

“Não é o suficiente sincronizar ou parear esses aparelhos com os smartphones e tablets disponíveis no mercado ou fazer uma parceria com uma das muitas startups para projetar um gadget ainda melhor”, de acordo com o estudo. “A estratégia desenhada para sustentar o engajamento no longo prazo é essencial para competir em uma área tão concorrida.”

A pesquisa indica que mais da metade dos americanos que adquiriram quaisquer dispositivos modernos que monitoram atividades físicas os abandonaram em pouco tempo. A média foi de seis meses.

A Endeavour Partners diz que alguns pontos importantes para as fabricantes seriam manter o foco em transmitir a mensagem de por que as pessoas devem usar os produtos vestíveis, sem deixar de lado um bom design com material de qualidade, um ambiente favorável para os desenvolvedores de aplicativos e uma tecnologia que evite que o dispositivo seja constantemente levado à tomada.