Ucrânia diz que versão do WannaCry causou ataques cibernéticos

Conselheiro Anton Gerashchenko disse que os sistemas de tecnologia da informação (TI) da Ucrânia foram alvo do "Cryptolocker"

Kiev – Um conselheiro do ministro do Interior da Ucrânia disse que uma versão do “WannaCry” ransomware causou interrupções em sites do governo e de várias empresas, em um ataque cibernético que ele classificou como o pior na história da Ucrânia.

O conselheiro Anton Gerashchenko disse que os sistemas de tecnologia da informação (TI) da Ucrânia foram alvo do “Cryptolocker”, uma versão do WannaCry, o vírus que bloqueou mais de 200 mil computadores em mais de 150 países em maio.

“O objetivo final do ataque cibernético é tentar desestabilizar”, escreveu ele em uma publicação no Facebook, na qual disse que os ataques provavelmente se originaram da Rússia.