Uber lança novo aplicativo para motoristas

O novo aplicativo introduz uma barra de status para ajudar os motoristas a decidir sua próxima localização com base na demanda

A Uber Technologies lançou nesta terça-feira um novo aplicativo para seus motoristas que inclui ferramenta de acompanhamento de faturamento em tempo real, em um esforço para melhorar um relacionamento com frequência contencioso.

O lançamento acontece após o programa “180 dias de mudanças” do Uber, lançado em junho passado e que teve como objetivo fazer alterações pedidas pelos motoristas, como gorjetas e compensação pelo tempo gasto na espera de passageiros.

“Enquanto o programa 180 Dias era sobre corrigir erros do passado, precisamos também pensar no longo prazo e o lugar óbvio para começar isso é o aplicativo dos motoristas”, disse o presidente-executivo do Uber, Dara Khosrowshahi, em comunicado.

O novo aplicativo introduz uma barra de status para ajudar os motoristas a decidir sua próxima localização com base na demanda, junto com uma notificação que permite aos motoristas verem mensagens sobre oportunidades próximas de corridas e retornos de usuários do serviço, entre outros recursos.

A companhia, que está se preparando para uma oferta pública inicial de ações em 2019, perdeu 4,5 bilhões de dólares no ano passado e enfrenta ferrenha competição em vários mercados do mundo e uma campanha regulatória de autoridades na Europa.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. a uber não “uma campanha regulatória de autoridades na Europa” como diz a matéria. O que ela enfrenta é a máfia dos táxis e sindicalistas espelhados pelo VELHO mundo em todos os sentidos.
    Enquanto se prega o direito de escolha, a liberdade do cidadão, a Europa vai em sentido contrário, prejudicando a população, tirando-lhe o direito da liberdade de escolher como e com quem ir e vir.
    Simplesmente enfiam-lhe goela abaixo que devem usar somente o serviço jurássico, sujo e caro.
    Bem, o 1º mundo é aqui, local onde a democracia fala mais alto que os mafiosos, que as esculturas são exatamente o que são, esculturas. Aqui protege-se o direito de escolha da população de abrir a concorrência e que vença o melhor serviço, o melhor preço.
    Aqui, táxi nunca mais, pois andar de táxi no Brasil é o mesmo que andar de carroça guiada por um carrasco que não te respeita, presta o pior serviço público que existe e faz tudo que for possível pra te enganar.