Twitter vai espionar apps no smartphone. Veja como evitar

O Twitter divulgou que vai começar a monitorar os apps instalados nos smartphones dos usuários. Mas é possível impedir isso

São Paulo — O Twitter divulgou que vai começar a monitorar os apps que o usuário tem em seu smartphone. O monitoramento será automático, a menos que o usuário altere as configurações para impedi-lo.

Com isso, o Twitter espera ter uma informação a mais sobre os usuários. A empresa pretende usar os dados para vender anúncios mais bem dirigidos e, assim, ganhar mais dinheiro com publicidade.

A informação extra também deve ajudar o Twitter a fazer recomendações de conteúdo mais certeiras aos usuários.

A empresa diz que não coleta dados armazenados nos aplicativos (algo que sistemas operacionais como Android e iOS não permitem). Ela só vai obter uma lista dos apps instalados.

O Twitter não disse exatamente quando vai começar a monitorar os apps. Aparentemente, esse rastreamento ainda não foi ativado para os brasileiros, o que deve ser feito por meio de uma atualização no app. 

Segundo a empresa, quando isso acontecer, os usuários vão receber um aviso no próprio app do Twitter dizendo: “Para ajudar a adaptar sua experiência, o Twitter usa os apps em seu dispositivo”. 

O usuário que não quiser ter seus apps rastreados poderá desativar o monitoramento seguindo as instruções do próprio Twitter, que reproduzimos aqui:

No Twitter para Android

  1. Toque no ícone de menu 
  2. Toque em Configurações
  3. Toque na conta que você quer ajustar
  4. Em Outros, ajuste a configuração do item Personalizar o Twitter com Base em Meus Apps

No Twitter para iOS

  1. Toque em Conta e, em seguida, no ícone em forma de engrenagem 
  2. Toque em Configurações
  3. Toque na conta que você quer ajustar
  4. Em Privacidade, ajuste a configuração do item Personalizar o Twitter com Base em Meus Apps