Twitter inaugura oficialmente operação no Brasil

A rede social também vai listar os trending topics locais em mais 11 cidades brasileiras

São Paulo — Mesmo não tendo, ainda, um escritório propriamente dito no Brasil, o Twitter inaugurou oficialmente sua operação no país nesta quarta-feira. O diretor geral Guilherme Ribenboim (que já dirigiu a subsidiária brasileira do Yahoo!) ainda está começando a  montar sua equipe. Mas fez uma apresentação à imprensa junto com Shailesh Rao, vice-presidente de operações internacionais do Twitter.

A unidade brasileira será a terceira do Twitter fora dos Estados Unidos. As duas primeiras já funcionam no Reino Unido e no Japão. Sem fornecer números sobre o país, Shailesh Rao afirma que o Brasil é um dos cinco países com mais usuários na rede social. Ele diz que a América do Sul inteira reúne 16% dos usuários.

Estima-se que o Twitter tenha mais de 500 milhões de inscritos. Desses, 140 milhões são considerados ativos por se conectarem à rede social pelo menos uma vez por mês. Segundo a empresa, essas pessoas publicam 340 milhões de tuítes por dia.

Uma das primeira ações do Twitter em sua nova fase no país será criar listas de trending topics locais para mais 11 cidades brasileiras. São nove capitais – Fortaleza, Belo Horizonte, Manaus, Curitiba, Recife, Porto Alegre, Belém, Goiânia e São Luís – e as cidades paulistas de Guarulhos e Campinas. Além dessas cidades, São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Salvador já possuem listas locais de trending topics.

Ribenboim diz que o escritório no Brasil vai vender publicidade, estabelecer parcerias com empresas locais e “aproximar mais o Twitter dos usuários brasileiros”. Publicidade, no Twitter, são contas  e tuítes promovidos. Os anunciantes, nesse caso, pagam para que seus tuítes apareçam em destaque na rede de microblogs. “Não temos banners, nem anúncios laterais”, destaca Ribenboim.


A equipe que o executivo está montando terá a missão de vender esse tipo de publicidade. “Não é um produto de prateleira. É necessário ter uma equipe especializada nesse tipo de venda”, diz ele. Os planos da empresa também incluem certificar parceiros brasileiros que trabalham com promoções e análise de dados no Twitter.

A vinda do Twitter para o país acontece quase ao mesmo tempo que o Facebook monta sua operação aqui. A rede social de Mark Zuckerberg já tem um escritório no bairro do Itaim, em São Paulo. É um andar inteiro, que está ocupado apenas parcialmente, o que mostra que a empresa pretende ampliar bastante sua equipe. E o objetivo número um do Facebook também é vender publicidade.

Sendo uma empresa de capital fechado, o Twitter não divulga resultados financeiros. Tem circulado, no mercado, a informação de que a empresa estaria tendo sucesso razoável com a venda de tuítes promovidos. Mas manter a base de usuários pode ser um desafio. 

Neste ano, dados da comScore e de outras empresas mostraram que o Twitter vem perdendo usuários no Brasil, apesar de crescer em outros países. Questionado sobre isso, Shailesh Rao respondeu que a política da empresa é não comentar números de terceiros. “Muitas estatísticas não levam em conta os usuários móveis, que já são 60% do total. Em países como o Japão e o Reino Unido, a porcentagem é ainda maior”, diz ele.

Distribuição dos usuários do Twitter

Continente Percentual dos usuários
América do Norte 31%
Ásia 25%
Europa 20%
América do Sul 16%
África 5%
Outros 3%