TIM pode ser multada e suspensa na próxima semana, diz fonte

A suspensão das vendas de parte ou todos os serviços da operadora duraria até que a Tim apresente um plano de investimento para sua rede

São Paulo – A TIM Participações SA, segunda maior operadora de telefonia celular do País, pode ser penalizada com multas e com a suspensão da venda de serviços em todo o País na semana que vem devido a falhas em sua rede, segundo uma autoridade do governo que acompanha as discussões.

A suspensão das vendas de parte ou todos os serviços da operadora duraria até que a Tim apresente um plano de investimento para sua rede, disse a autoridade, que pediu para não ser identificada porque as punições ainda estão sendo discutidas. A Agência Nacional de Telecomunicações estuda em que estados a rede da Tim apresenta falhas em chamadas de seus usuários, disse a pessoa. A decisão não pode se arrastar e por isso deve ser tomada até a proxima semana, disse a fonte.

As ações da Tim operavam em alta de 2,5 por cento, a R$ 10,04 na BMF&Bovespa às 15:22, depois de subir até 4,2 por cento mais cedo. Ontem, os papéis da empresa caíram 7,5 por cento, a maior queda em quase um ano, depois que O Estado de S. Paulo disse que a empresa poderia ser proibida de vender planos de telefonia móvel a novos clientes, citando o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo.

As agências reguladoras da América Latina têm sido pioneiras em exigir das empresas de telefonia melhora na qualidade do serviço, disse Jose Otero, analista da Signals Telecom Consulting.


“Se você não corrigir o problema, não pode inscrever novos assinantes até o governo considere que o problema foi solucionado”, disse Otero ontem em entrevista por telefone. “É muito sério.”

Anatel cuidadosa

A assessoria de imprensa da Tim respondeu ao pedido de comentário da Bloomberg emitindo a mesma nota divulgada ontem dizendo que não tinha conhecimento de qualquer “medida extrema” pela Anatel para restringir a comercialização de seus serviços.
A assessoria de imprensa da Anatel não quis fazer comentários.

A Anatel quer ser cuidadosa nas medidas contra a Tim porque a suspensão da venda de serviços, principalmente do plano Infinity, pode gerar aumento de preços para o consumidor, segundo a autoridade, que disse ainda que a Tim reduziu suas tarifas, sem conseguir prestar serviço com qualidade. Segundo a fonte, a Tim tem quatro vezes mais reclamações registradas que seus concorrentes.

A última vez que a Anatel impediu que uma empresa vendesse serviços foi em 2009, quando a Telecomunicações de São Paulo SA, hoje Vivo, foi proibida de vender o serviço Speed por dois meses, disse Otero.