Tim Cook visita fábrica da Foxconn na China

Visita faz parte da estratégia para melhorar a imagem da Apple após críticas pelas condições de trabalho

São Paulo – Durante sua primeira passagem pela China como CEO da Apple, Tim Cook visitou ontem a fábrica da Foxconn, responsável por produzir os principais produtos da empresa.

A visita ocorreu na nova sede da Foxconn Zhengzhou Technology Park, que atualmente emprega mais de 120 mil pessoas. Não foi divulgado quanto tempo Cook passou visitando a fábrica e nem com quem conversou enquanto esteve por lá.

A viagem de Tim Cook faz parte da estratégia da Apple de melhorar sua imagem no país após sofrer críticas por não se preocupar com as condições de trabalho de seus principais fornecedores na China, incluindo fábricas controladas pela Foxconn.

Os problemas da Apple com a Foxconn tiveram início em 2010, quando muitos funcionários cometeram suicídio em uma das sedes da empresa em Longhua, que empregava entre 300 mil e 400 mil pessoas.

Cook também pretende aumentar a participação dos produtos da Apple na China, principalmente o iPhone e o iPad, que sofrem com a pirataria e com disputa judicial por uso da marca com a empresa Proview, que afirma ter patenteado o nome iPad e que vem inviabilizando as vendas do tablet no país.