Tim Cook diz que Google não estava comprometido com Motorola

"Acho que é realmente difícil fazer hardware, software e serviços e conectar todas essas coisas juntas", disse Cook

São Paulo – O CEO da Apple, Tim Cook, disse em entrevista ao Wall Street Journal que a venda da Motorola para a Lenovo não o surpreendeu. O Google não estava “comprometido” com a empresa, na avaliação do chefão da Apple. Para ele, a venda foi um movimento lógico, já que a Motorola estava custando muito dinheiro ao Google com vendas abaixo do esperado.

“Acho que é realmente difícil fazer hardware, software e serviços e conectar todas essas coisas juntas”, disse Cook. “É isso o que faz a Apple tão especial. É realmente difícil, então não estou surpreso que eles não vão fazê-lo.”

Segundo o jornal The New Yor Times, mesmo depois de comprada, a Motorola continuou perdendo dinheiro, preocupando acionistas e analistas. Além disso, o topo de linha Moto X vendeu menos do que o esperado — apesar de o Google dizer que o aparelho está bem no mercado.

O acordo, aliás, não significa que a empresa dona do Android encerrará os investimentos no sistema operacional. Além disso, uma “vasta maioria das patentes da Motorola” seguirá nas mãos do Google, apesar de o controle sobre os aparelhos pararem nas mãos da Lenovo. No entanto, vale mencionar que a negociação ainda precisa ser aprovada nos EUA ou na China, o que “normalmente leva tempo”.