Tesla ganha novo concorrente elétrico de três rodas e preço de Ford Fiesta

A Electra Meccanica afirma que sua visão peculiar de um automóvel visa a redefinir a categoria

Ele é 100 por cento elétrico como um Tesla. Tem o preço de um Ford Fiesta. Tem um dos visuais mais estranhos que você já viu – e pode simplesmente redefinir o conceito de carro para o dia a dia.

No momento em que a General Motors se prepara para fechar a fábrica perto de Toronto que deu início à indústria automotiva no Canadá, há mais de um século, um novo modelo ganha forma em uma minúscula instalação de produção nos arredores de Vancouver.

Conheça o Solo — um veículo de um assento fabricado pela Electra Meccanica Vehicles que custa US$ 15.500.

Em dezembro, 5.000 unidades estarão percorrendo as ruas de Los Angeles e mais 70.000 serão entregues nos próximos dois anos na costa oeste dos EUA. A Electra Meccanica pode ter um valor de mercado de apenas US$ 44 milhões, mas tem também US$ 2,4 bilhões em pré-encomendas.

Veículo elétrico Solo, da Electra Meccanica Vehicles

 (Ben Nelms/Bloomberg)

O peculiar triciclo pode até servir de tábua de salvação para a condenada fábrica da General Motors em Oshawa, Ontário, no Canadá, que deverá fechar neste ano e deixar 3.000 desempregados.

“Tivemos algumas discussões em torno disso”, disse o CEO da Electra Meccanica, Jerry Kroll, acrescentando que nenhuma decisão foi tomada. “Nada me faria mais feliz do que recontratar todas aquelas pessoas, com um veículo desenhado e projetado no Canadá.”

Impulso elétrico

Fabricantes de automóveis como Tesla, Nissan Motor e Volkswagen estão correndo para fabricar o carro do futuro. Até o momento, elas produziram versões mais limpas e silenciosas, mas mais caras, dos modelos que já rodam por aí. A rentabilidade tem sido difícil de alcançar — muitas fabricantes provavelmente estão perdendo dinheiro em cada unidade, mas vendem em busca de participação de mercado futura, segundo a Bloomberg New Energy Finance.

A Electra Meccanica afirma que sua visão peculiar de um automóvel visa a redefinir a categoria.

“A Tesla está fazendo um bom trabalho em termos de fabricação de carros grandes — carros convencionais que são elétricos”, diz Kroll, que trabalhou em sistemas de propulsão elétrica na Nasa na Califórnia e fez amizade com os cofundadores da Tesla Marc Tarpenning e Martin Eberhard.

Veja também

“Esta empresa está produzindo o carro que Elon Musk desejaria estar construindo”, disse Kroll, em entrevista separada à Bloomberg Television. “É ótimo produzir um carro de US$ 45.000, US$ 100.000 ou US$ 250.000. Mas para o grande público? Um carro de US$ 15.000 capaz de fazer com que deixem de usar gasolina. Isso é criativo.”

E qual é o desempenho? O modelo vai de zero a 60 milhas (97 quilômetros) por hora em oito segundos, não muito diferente de um Porsche Cayenne. É recarregado em três horas, tem autonomia de 160 quilômetros e atinge uma velocidade máxima de mais de 130 quilômetros por hora. E consegue transportar o conteúdo de um carrinho de supermercado totalmente carregado em compartimentos de armazenagem na frente e atrás.