Tesla pode substituir limpadores de para-brisas por raio laser no futuro

A ideia já foi registrada em uma patente pela companhia de Elon Musk

São Paulo — No que depender da Tesla, a próxima geração de veículos poderá contar com limpadores de para-brisas de um tipo totalmente novo. Emissores de raios laser serão instalados nos automóveis para limpar a sujeira do para-brisas.

A ideia é facilitar a remoção de detritos do que dificilmente podem ser retirados apenas com água e com os limpadores tradicionais. Para isso, um sistema de sensores identificaria pontos de sujeira e apontaria o raio laser para eles, dosando sua intensidade para descolar o detrito do para-brisas.

A descrição incluída no pedido de patente registrado pela Tesla indica que o emissor de raio laser ocuparia o mesmo espaço dos limpadores. Como o texto não fala em remover água, é possível que a empresa pense em usar os lasers junto com os limpadores convencionais. O mesmo tipo de laser poderia ser instalado no telhado das casas para limpar placas fotovoltaicas usadas para gerar eletricidade.

A patente dessa tecnologia foi registrada no começo do ano. Mas ela ainda vai demorar para virar realidade. Não há previsão para que os novos acessórios sejam produzidos em série ou incorporados aos veículos.