Tesla lança 1ª unidade do Model 3, seu carro elétrico acessível

Elon Musk, o fundador da marca, deu as boas novas em sua conta oficial no Twitter

São Paulo – Depois de pouco mais de um ano de espera, o Model 3 da Tesla finalmente saiu da fábrica. A mente por trás da empresa, o fundador e CEO Elon Musk, revelou em sua conta oficial no Twitter que a primeira unidade está pronta, esperando apenas um “checkout final”.

O Model 3 é um sedan com quatro portas e espaço para cinco passageiros. Ele tem autonomia de 340 quilômetros por carga na bateria e é capaz de ir de zero a cem quilômetros por hora em seis segundos. Há um limite de opções de cores (vermelho, preto e prata)–o objetivo da Tesla é reduzir os problemas de produção que sofreu com a lista de opções excessivamente complicada do Model X.

Ainda não é certo se o modelo recebeu novas mudanças desde que foi revelado em 2016. No entanto, provavelmente, só teremos informações mais detalhadas quando o veículo for apresentado em uma festa de entrega, agendada para o dia 28 de julho deste ano.

Desde seu anúncio, em abril de 2016, o quarto carro elétrico da marca é um dos mais esperados por usuários e especialistas do mercado. O motivo é sempre o mesmo: dinheiro–nos Estados Unidos, ele sai por cerca de 35 mil dólares, um preço bem abaixo dos 74,5 mil dólares do Model S, o esportivo elétrico da marca (confira o teste que fizemos com o veículo).

Outras montadoras já vendem carros elétricos nessa faixa de preço. A Chevrolet tem o Bolt e a Nissan possui o Leaf, por exemplo. A Volvo recentemente anunciou que até 2019 irá lançar um modelo totalmente elétrico para competir com o veículo da Tesla, tanto no quesito preço quanto na autonomia.

Assim, o Model 3 definirá o futuro da Tesla como uma empresa de carros acessíveis. Além disso, o sucesso ou não do veículo tem como consequência outra popularização: a dos veículos sem motor a combustão. Segundo o ABI Research, instituto britânico de pesquisa de mercado, as vendas anuais de automóveis com alguma tecnologia de motores elétricos vão crescer de 2 milhões de unidades, em 2015, para mais de 6 milhões em 2020.

A empresa espera produzir 100 carros em agosto e mais de 1.500 em setembro, segundo Elon Musk. Antes de sua apresentação no ano passado, o fundador publicou em seu Twitter que o Brasil está na lista de países que poderão fazer reserva do Modelo 3. No entanto, a montadora ainda não informou datas ou preços para o Brasil.