Terremoto de 8 graus provoca alerta de tsunami no Chile

Estados brasileiros também foram afetados pelo tremor

Um forte terremoto de 8 graus abalou nesta quarta-feira a região central do Chile, balançando prédios, provocando um alerta de tsunami e deixando a população em pânico, informou o Centro Simológico Nacional da Universidade do Chile (CSN).

Inicialmente, a Marinha chilena tinha estimado o sismo em 7,2 graus, mas posteriormente, o governo ajustou a magnitude para 8 graus na escala Richter.

O Serviço Sismológico dos Estados Unidos (USGS) informou um terremoto de 8,3 graus de magnitude, situando o epicentro 230 km ao norte de Santiago.

O tremor ocorreu às 19H54 local (e Brasília), com epicentro situado 36 km a oeste da localidade de Canela Baja, na região de Coquimbo (500 km ao norte de Santiago), a uma profundidade de 11 km, segundo o CSN.

O Serviço Hidrológico e Oceanográfico da Marinha (Schoa) emitiu um alerta de tsunami para toda a costa do país, ordenando a evacuação das cidades situadas à beira-mar.

O terremoto foi de longa duração e seguido de vários tremores secundários muito fortes.

Em Santiago, capital chilena com 6,6 milhões de habitantes, o terremoto causou pânico e milhares de pessoas foram às ruas, constatou um jornalista da AFP.

“Preliminarmente, não foram reportados danos a pessoas, alteração de serviços básicos ou infraestrutura em virtude deste sismo”, indicou um informe do Escritório Nacional de Emergência (Onemi).