Telefônica/Vivo lança serviço para competir com Netflix

Vivo Play nasce com uma biblioteca de 3,5 ml títulos, entre filmes, séries, desenhos, músicas e documentários

São Paulo – A Telefônica/Vivo anunciou nesta terça, 4, o lançamento de seu serviço de conteúdos over-the-top (OTT), o Vivo Play, conforme antecipado pelo Teletime.

O novo serviço nasce com uma biblioteca de 3,5 mil títulos, entre filmes, séries, desenhos, músicas e documentários, e pode ser acessado em smartphones Android, tablets, XBox e TVs conectadas da LG e da Samsung. Para o ano que vem, está sendo estudado um modelo de set-top conectado, em que uma caixinha simples para acesso apenas ao serviço por meio de televisores convencionais estará disponível no varejo.

O Vivo Play terá dois modelos de comercialização: uma assinatura mensal de R$ 19,90 (promocionalmente a R$ 9,90 até o Carnaval) que dá acesso aos títulos em catálogo; e um modelo transacional, de pagamento por título, para aluguel de lançamentos da janela das locadoras e do pay-per-view da TV por assinatura. Para o lançamento, o Vivo Play oferece um acervo on-demand para aluguel de 248 títulos a R$ 6,90 e outros 88 filmes em alta definição (HD) a R$ 9,90.

Por se tratar de um serviço OTT, qualquer pessoa pode assinar o Vivo Play, independente de ser cliente da operadora, assim como acontece com o Netflix ou o NetMovies. A título de comparação, a assinatura do Netflix custa R$ 14,99 ao mês e dá acesso a um catálogo de cerca de 2,3 mil títulos; enquanto o NetMovies cobra R$18,90 mensais para acesso aos conteúdos online de uma biblioteca de 6,5 mil títulos.