Telebrás quer levar internet de 100 Mbps a universidades

Inicialmente o projeto será realizado em dois estados: Tocantins e Goiás

São Paulo – A Telebrás está em negociação para oferecer banda larga ao programa de integração de universidades e institutos tecnológicos federais.

O tema foi debatido entre dirigentes da estatal de telecomunicações e reitores de universidades federais, na tarde de quarta, 30, em Brasília, durante reunião da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes).

Inicialmente o projeto será realizado em dois estados: Tocantins e Goiás, onde os campi terão acessos de até 100 Mbps.

Entre as universidades tocantinenses serão integrados, por meio da banda larga, a Universidade Federal do Tocantins (UFT) e o Instituto Federal do Tocantins (IFTO).

Já em Goiás, a Internet de alta velocidade beneficiará o Instituto Federal de Goiás (IFG) e a Universidade Federal de Goiás (UFG).