Steve Ballmer escreve mensagem de despedida para funcionários

São Paulo - Após comunicar de maneira oficial que deixará o cargo de CEO da Microsoft, Steve Ballmer escreveu um comunicado a todos os funcionários da empresa. Com...

São Paulo – Após comunicar de maneira oficial que deixará o cargo de CEO da Microsoft, Steve Ballmer escreveu um comunicado a todos os funcionários da empresa. Com o título “Seguindo em Frente”, o executivo afirmou que, apesar de ser uma decisão difícil, esse era o momento certo para a sua aposentadoria. Ele deixará o cargo nos próximos 12 meses, quando escolherá uma nova pessoa para ocupar o seu cargo.

Ballmer chegou à Microsoft em 1980 e desde 2000 assumiu a gerência global da empresa. Veja abaixo a tradução completa de sua carta de despedida:

Escrevo para informá-los que me aposentarei do cargo de CEO da Microsoft dentro dos próximos 12 meses, depois que um sucessor for escolhido. Nunca há um momento perfeito para esse tipo de transição, mas esse é o momento certo. Meu planejamento era me aposentar durante o momento de transformação dos dispositivos e serviços da empresa, focados em ajudar os nossos consumidores nas coisas em que eles mais se importam. Nós precisamos de um CEO que ficará durante um longo período cuidando dessa nova direção. Vocês podem ler o release para  a imprensa no Microsoft News Center. 

Este é um momento importante de transformação para a Microsoft. Nosso novo time de liderança sênior é incrível. A estratégia que elaboramos é de primeira classe. Nossa nova organização, que está centrada nas áreas de engenharia, é a correta para as novas oportunidades e desafios que estão à nossa frente.

A Microsoft é um lugar incrível. Eu amo esta empresa. Eu amo o jeito que ajudamos a inventar e popularizar a computação e os PCs.  Eu amo as grandes apostas que fazemos. Eu amo nossa equipe e seu talento em aceitar e encarar a suas capacidades, inclusive suas peculiaridades. Eu amo o jeito que trabalhamos com outras empresas com o objetivo de mudar o mundo e conquistar o sucesso de maneira unida. Eu amo o tamanho e a diversidade de nossos consumidores, com pessoas de diferentes empresas, indústrias, países, gente de diferentes idades e jeitos.

Estou orgulhoso daquilo que conquistamos. Desde que entrei na Microsoft, nossas receitas saltaram de 7,5 milhões de dólares para algo próximo de 78 bilhões de dólares. De uma empresa com 30 pessoas, chegamos a quase 100 mil funcionários. Sinto-me bem em fazer parte desse sucesso e ter me comprometido emocionalmente em 100% das vezes. Nós temos mais de 1 bilhão de usuários e conseguimos lucros para nossos acionistas. Nós geramos lucros aos investidores mais do que qualquer outra empresa na história.

Estou empolgado em nossa missão de melhorar o mundo e acredito em um futuro de sucesso. Eu aprecio minhas participações na empresa e continuarei a ser um dos maiores proprietários da Microsoft.

Tomar essa decisão foi difícil e este é um momento emocionante. Eu decidi fazer isso para o bem da empresa que amo e que, tirando minha família e meus amigos mais próximos, é aquilo que mais me importo.

A Microsoft terá grandes dias à frente. Saiba que você faz parte do melhor time da indústria, com todos os recursos tecnológicos. Nós não podemos perder cada detalhe dessas mudanças. Estou focado em trabalhar duro e tenho certeza que posso contar com vocês para fazer o mesmo. Vamos nos sentir orgulhos,

Steve”