Startups devem resolver problemas do grande público, diz fundador do Waze

Uri Levine estimula o erro para chegar ao sucesso fazendo ajustes em apps com base em percepção de usuários

São Paulo – Palestrante principal da Campus Party Brasil, o maior evento de tecnologia da América Latina, Uri Levine, fundador do aplicativo de GPS Waze, acredita que a premissa de qualquer startup de tecnologia é resolver problemas de um grande número de pessoas.

“Toda vez que começar a falar sobre o que você faz, conte qual problema está resolvendo”, afirmou Levine em sua palestra na Campus Party, realizada em São Paulo. “Você não pode mater o foco somente na tecnologia, é preciso gerar valor.”

Citando um dos mantras da cultura do ecossistema de startups israelense, Levine ressaltou a necessidade de falhar para encontrar o caminho certo para o sucesso. Por isso, para ele, é importante ir logo ao mercado do que esperar a perfeição de um produto e descobrir, com base em feedbacks de usuários, os ajustes necessários.

Levine ressaltou também a importância de reavaliar a proposta da sua startup conforme o tempo passa para não deixar passar oportunidades, como aconteceu com a Microsoft, cujo CEO, em 2008, disse que o iPhone não tinha chances de conseguir uma parcela de mercado significativa. Essa postura, segundo o executivo, pode ser até mesmo razão do fim de grandes montadoras, que estão em um mercado que pouco mudou nos últimos cem anos.