Google anuncia nova assistente pessoal cheia de inteligência

A nova assistente pessoal funciona com apps de terceiros e promete ser uma grande concorrente para a Siri, da Apple

São Paulo – O Google apresentou hoje a sua nova versão de um assistente pessoal. Diferente de outros casos, a assistente não foi batizada com um nome, como acontece com a Siri, da Apple, por exemplo.

A assistente pessoal poderá ser usada em smartphones. O primeiro a receber é o Pixel, que também foi anunciado hoje pela empresa. O dispositivo foi desenhado e desenvolvido pelo Google (para saber mais, veja esta matéria).

A nova versão da assistente é mais poderosa do que a anterior, que era chamada de Google Now. No palco, Brian Rakowski, diretor de gestão de produtos de software do Pixel, mostrou como a nova assistente funciona.

Uma boa notícia é que ela já chega funcionando com outros apps. É possível pedir um carro do Uber ou enviar uma mensagem pelo WhatsApp. A Apple, vale lembrar, abriu a Siri apenas na última atualização do sistema para iPhones.

Com um toque ou comando de voz, a assistente poderá ser ativada no Pixel–e em smartphones que eventualmente tenham integração com o aplicação. Aparentemente não há a possibilidade de interagir com a assistente a partir de um teclado, apenas pela voz.

Rakowski pediu para a assistente realizar pequenas tarefas, como procurar fotos no aplicativo do Google e marcar um jantar a partir de um aplicativo.

Uma boa notícia é que a mesma assistente estará disponível para diversos dispositivos que usem uma mesma conta do Google. Com isso, informações estarão no smartphone, no relógio, entre outros gadgets.

Veja como a assistente pessoal funciona no link abaixo: