Slingshot será nova arma do Facebook para competir com o Snapchat

Aplicativo permitirá enviar fotos e vídeos para contatos, que só poderão visualizar o conteúdo se enviarem algum em troca

O Facebook deve lançar em breve um novo aplicativo chamado Slingshot, inglês para “estilingue”. O nome pode não dizer muito, mas o serviço gratuito, que foi disponibilizado por acidente nesta terça-feira na App Store, deve ser a próxima arma da rede social para atacar o Snapchat. Ou seja, ele basicamente permitirá que usuários compartilhem fotos e vídeos com outras pessoas de forma fácil, mas com uma diferença crucial.

Segundo o TechCrunch, a ideia é que as pessoas “atirem” umas nas outras conteúdos, que podem ser rabiscados e conter mensagens, umas para as outras. No entanto, elas só poderão acessar a imagem ou o clipe recebido caso enviem algum item do tipo em troca. É uma tática interessante do Facebook para propagar o uso do serviço, que, assim como faz o futuro concorrente, também elimina os arquivos recebidos assim que eles são visualizados – embora seja possível “guardá-los” para ver uma única vez depois.

As funcionalidades lembram as de um aplicativo chamado TapTalk, que parece ter virado uma mania (e até uma obsessão) entre os engenheiros da rede social. E claro, o Slingshot também remete ao velho Poke, a primeira tentativa da empresa de “clonar” o Snapchat. O antigo serviço, aliás, falhou miseravelmente na tarefa, acabou descontinuado em maio deste ano, após o Facebook também não ter conseguido comprar o app rival.

Ao TechCrunch, a companhia afirmou que o Slingshot é, de fato, um app no qual eles estão trabalhando, mas que foi parar na App Store do iOS acidentalmente – tanto que a versão liberada e já removida ainda estava crua, de certa forma. O programa finalizado deve ser lançado em breve para o sistema da Apple, mas não houve menção ao Android, que ficou de fora do vazamento desta terça.