Sky e Via Embratel puxam crescimento da TV paga em 2011

A Sky ampliou a sua base em 1,244 milhão de assinantes e chegou ao final do ano com 3,796 milhões de assinantes, um crescimento de 48%

São Paulo – Segundo dados da Anatel referentes a dezembro de 2011, a operadora de TV por assinatura que mais cresceu em termos absolutos no ano passado foi a Sky, que ampliou a sua base em 1,244 milhão de assinantes e chegou ao final do ano com 3,796 milhões de assinantes, um crescimento de 48%.

A também operadora de DTH Via Embratel cresceu 1,150 milhão de assinantes no ano, chegando a 2,279 milhões de assinantes, um crescimento de 101% no ano. A operadora de cabo Net Serviços cresceu 509 mil assinantes, chegando a 4,718 milhões de assinantes de TV paga, e segue sendo a maior operadora do país. O crescimento da Net foi de 12%. A Telefônica cresceu os mesmos 12% no ano, chegando a 545,8 mil assinantes, sem contar as operadoras de cabo da TVA controladas formalmente pela Abril e que perderam cerca de 4 mil assinantes no ano, chegando a 161,6 mil assinantes.

A Oi foi a operadora que mais perdeu base em 2012. Passou de 402 mil para 351,2 mil assinantes, uma queda de 13%. Outras operadoras ganharam 66,7 mil assinantes ao longo do ano, chegando a 891,4 mil clientes, um aumento de 8%. No total, o mercado cresceu 30,4% em 2011, chegando a 12,744 milhões de assinantes.

Em termos de market share, a Net lidera com 37%, seguida da Sky com 29,8%, Via Embratel com 17,9% e Telefônica com 4,3%. A Oi tem 2,76% do mercado, a Abril tem 1,27% e outras operadoras têm 7%. Aprovadas os pedidos de transferência de conrtrole já solicitados à Anatel (Embratel assumindo a Net e a Telefônica assumindo o controle das operações de cabo da TVA), o grupo Embratel terá 55% do mercado e a Telefônica terá 5,5%.