Site da Bolsa de Hong Kong sofre ataques de hackers

Os ataques ocorreram em uma semana especialmente sensível para a bolsa, devido às fortes quedas sofridas

Pequim – Hackers atacaram em duas ocasiões o site da Bolsa de Hong Kong, o que obrigou algumas companhias a suspenderem temporariamente sua cotação, informou nesta sexta-feira a imprensa da ex-colônia britânica.

O ataque mais grave aconteceu na quarta-feira, quando, devido a um ataque, o site deixou de dar informação atualizada, o que motivou sete companhias com um valor combinado de US$ 1,5 trilhão a interromperem sua cotação, inclusive o banco HSBC.

Os ataques se concentraram em uma parte do site que costuma ser utilizada para anunciar resultados e outras informações das companhias que cotam na bolsa.

Na quinta-feira, os hackers tentaram outro ataque, mas nesta ocasião não obtiveram sucesso, informou o jornal South China Morning Post.

Além disso, os ataques ocorreram em uma semana especialmente sensível para a Bolsa de Hong Kong, devido às fortes quedas sofridas, assim como para muitos outros mercados internacionais pelo fato de a agência Standard & Poor’s ter rebaixado a dívida dos EUA.

A Polícia de Hong Kong suspeita que os ataques procedem de fora da região e esclareceu que não afetaram diretamente a cotação das empresas, já que as partes do site que se ocupam disso só são acessíveis por corretores da bolsa.