Sistema contra “gols fantasma” será testado na Inglaterra

Sistema ótico ajudará a descobrir se a bola ultrapassou ou não a linha do gol

Budapeste – O amistoso entre Inglaterra e Bélgica, em Wembley, no dia 2 de junho, será utilizado para testar a tecnologia “olho de falcão”, que visa tirar dúvidas em lances polêmicos em que a bola ultrapassa ou não a linha do gol.

A informação foi divulgada pela Fifa nesta quinta-feira, através de comunicado. “Estes testes podem fazer com que a International Board aprove a introdução da tecnologia em sua reunião especial, no início de julho”, aponta o texto.

Em caso de lance polêmico na partida em Wembley, o árbitro não será informado, mas os dados vão ser enviados para especialistas da da Fifa. “Isto significa que o sistema não terá nenhuma influência no resultado dos jogos nos quais o sistema se está sendo testado”, informou a Fifa.

O sistema “olho de falcão” utiliza o reconhecimento ótico, enquanto outro modelo que vem sendo testado, o GoalRef, emprega um campo magnético com uma bola especial para identificar uma situação de gol. O sistema está sendo testado na Dinamarca.

A Fifa começou a intensificar a discussão sobre a tecnologia sob as traves, por conta da grave polêmica em torno do “gol fantasma” do inglês Frank Lampard, durante o jogo contra a Alemanha na Copa da África de 2010.