Silverlight, Java, Unity e outras extensões populares serão removidas do Google Chrome

O Google anunciou nessa semana que não irá mais oferecer suporte para diversos plugins populares do Chrome baseados no padrão NPAPI

O Google anunciou nessa semana que não irá mais oferecer suporte para diversos plugins populares do Chrome baseados no padrão NPAPI, tecnologia que existia desde 1996 e foi lançada com o navegador Netscape 2.0.

A empresa, a mudança proporcionará mais segurança, velocidade e estabilidade do browser. Alguns aplicativos do próprio também serão afetados, como o Google Talk e Google Earth.

Além disso, a utilização dessas aplicações tem diminuído muito nos últimos anos. Em setembro de 2013, apenas seis plugins NPAPI eram usados por mais de 5% dos usuários do navegador.

Um dos apps mais populares o Silverlight da Microsoft, foi baixado por apenas 11% de internautas, e a tendência é que menos usuários precisem da tecnologia, já que até o Netflix pretende migrar seu player para HTML 5.

Veja abaixo a taxa de downloads dos add-ons no último mês:

 

Set/ 2013

Mai/ 2014

Out/ 2014

Silverlight

15%

13.3%

11%

Google Talk

8.7%

8.7%

7%

Java

8.9%

7.2%

3.7%

Facebook

6%

4.2%

3.0%

Unity

9.1%

3.1%

1.9%

Google Earth

9.1%

0.1%

0.1%

Em abril de 2015, o suporte será oficialmente removido do Chrome e as aplicações que usem a tecnologia serão retiradas da Chrome Web Store. Atualmente, o navegador bloqueia plugins que usem o NPAPI por padrão, mas eles podem ser permitidos pelo usuário em sites específicos.

Embora os donos desses plugins estejam se esforçando para migrar para outras tecnologias, um número muito pequeno de internautas ainda utilizam essas aplicações.

Para ajudar esses desenvolvedores e usuários avançados, o Google providenciará uma opção temporária para reativar o NPAPI enquanto a transição para novas tecnologias é feita. Em setembro de 2015, o suporte ao NPAPI e a opção para reativá-lo serão permanentemente removidos do Chrome.