Semp Toshiba lança tablet nacional por R$1.399

Mais um tablet nacional chega ao mercado. É o myPad, da Semp Toshiba, que usa o sistema Android, do Google, e custa desde 1.399 reais

São Paulo — A Semp Toshiba anuncia seu primeiro tablet, o myPad. O aparelho começa a ser vendido nesta semana, em lojas de varejo, em duas versões. A primeira traz apenas a conexão Wi-Fi para acesso à internet e custa 1.399 reais. A segunda inclui também acesso à rede celular 3G e tem preço sugerido de 1.699 reais. A empresa não divulgou, por enquanto, nenhuma parceria com operadora de celular para a venda do produto.

O myPad tem tela de 10,1 polegadas. Entre os diferenciais apontados pela Semp Toshiba, em relação, principalmente, ao iPad, estão uma porta USB para a conexão de acessórios e uma saída HDMI, que permite reproduzir vídeos em alta resolução num televisor conectado por meio de um cabo. Há, ainda, suporte ao padrão Flash, da Adobe, amplamente usado na web mas incompatível com o iPad.

O tablet, no entanto, é baseado no sistema operacional Android 2.2. Enquanto os principais concorrentes estão vindo com o Android 3.0 Honeycomb para a briga, o tablet da Semp Toshiba fica atrás nesse quesito. Segundo eles, o Google teria impedido que o Honeycomb fosse usado, já que o aparelho não atende a algumas especificações exigidas pela versão mais recente do sistema operacional.

Outro ponto fraco é que o dono de um myPad deve ficar refém da loja de aplicativos da própria Semp Toshiba, uma vez que não existe acesso ao Android Market no aparelho. Assim, não é possível instalar, pelos caminhos normais, os aplicativos habitualmente usados no Android. Segundo a empresa, a bateria do tablet aguenta até 6 horas seguidas de exibição de vídeo.

A Semp Toshiba diz que sua meta é conquistar 10% do mercado brasileiro de tablets neste ano. Com tantos concorrentes chegando ao mercado, não vai ser fácil cumpri-la.