Selfies podem ter sido causa de queda de avião nos EUA

Piloto era conhecido por tirar selfies com seus passageiros

Selfies podem ter causado a queda de um avião Cessna 150 em Colorado, em maio de 2014, segundo um relatório divulgado pelo Conselho de Segurança de Transporte Nacional. 

O piloto Amritpal Singh, de 29 anos, morreu durante a queda e era conhecido por tirar selfies com seus passageiros.”É provável que o uso de celulares durante o voo tenha distraído o piloto e contribuído para a desorientação espacial e subsequente perda de controle”, diz o relatório.

De acordo com as investigações, o avião fez dois voos seguidos: um dentro dos padrões de tráfego, com aterrissagem segura. E um segundo, quando Singh caiu. Os investigadores disseram ter encontrado, durante o primeiro voo, imagens de uma GoPro que mostraram o piloto e os passageiros tirando selfies. A câmera, porém, não registrou o segundo e fatal voo.

Durante o segundo voo, quando atingiu altura suficiente, o avião fez uma curva acentuada à esquerda e começou a girar para baixo. O Cessna 150 caiu em um campo aberto em Watkins, no Colorado, matando Singh e seus passageiros, e ficou destruído.

Os investigadores escreveram que Singh estava devidamente credenciado para voar durante a noite e com passageiros, e que o avião não parecia ter problemas mecânicos. As informações são do The Guardian.