Seis grupos participarão do leilão de 4G

Além da Oi, Vivo, Sky e Claro, a empresa Sunrise, do megainvestidor húngaro americano George Soros, está interessada no leilão da internet móvel

Brasília – No total, seis grupos confirmaram interesse no leilão de 4G, marcado para o próximo dia 12, que irá licitar também a faixa de 2,5 gigahertz (GHz) para telefonia de quarta geração. Além de 273 envelopes com propostas para cada uma das faixas ofertadas, as empresas devem apresentar os documentos de habilitação e regularidade fiscal, além dos comprovantes de depósitos de garantias.

Encerrado o prazo para a inscrição de proponentes ao leilão na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), nesta terça-feira, a principal ausência notada foi a da sueca Net1, cuja participação na disputa pela faixa de 450 megahertz (MHz) para internet móvel rural era dada como certa pelo governo.

Oi, Vivo, Sky e Sunrise (do megainvestidor húngaro americano George Soros) concorrerão apenas com um CNPJ, cada. Já a Claro concorrerá também como Americel e a TIM também irá participar como Intelig. Apesar de disputarem o leilão com dois CNPJs distintos, os limites para a aquisição das faixas serão calculados de acordo com o grupo empresarial.