Samsung terá pagamento de aplicativos em fatura da Vivo

Novidade permite pagamento de aplicativos e temas diretamente na fatura, sem precisar de cartão de crédito

São Paulo – Quem tem um smartphone Samsung poderá pagar pelos seus aplicativos adquiridos na loja virtual Galaxy Apps diretamente na fatura da Vivo. A novidade é válida a partir de hoje (1º) para os clientes da operadora nos planos pós-pago, pré-pago e controle (o plano Vivo Easy não tem acesso por não ter fatura).

O usuário de celular da sul-coreana que tiver plano da Vivo poderá rapidamente comprar aplicativos, temas de personalização de interface ou fontes para deixar o aparelho com visual alinhado com seu estilo.

Recentemente, a Samsung unificou a sua loja de temas com a Galaxy Apps, que é mais ampla e oferece download de jogos, aplicativos de produtividade e entretenimento.

Marcelo Daou, gerente sênior de produto da Samsung Brasil, conta que a empresa possui um time de profissionais que cuida da Galaxy Apps para selecionar temas e aplicativos mais adequados para o nosso mercado, junto a uma equipe da Coreia do Sul. “Os consumidores da Samsung gostam muito de comprar e baixar aplicativos que fogem um pouco do padrão. Temos uma área de jogos, temas de personalização de interface (o Brasil é o país com o maior número de temas por semana no mundo), também há stickers para para colocar nas suas selfies, e há ainda fontes que você pode usar no seu dispositivo, como é o caso da fonte Samsung Sans. Fora isso, há as interfaces dos relógios, que mudam o visual dos aparelhos”, afirma Daou, em entrevista a EXAME.

A ideia dessa aliança entre as empresas é facilitar o pagamento de produtos digitais e também oferecer acesso a eles a pessoas que não possuem cartão de crédito – método normalmente usado para compras em lojas de apps em geral.

Ricardo Sanfelice, vice-presidente de estratégia digital e inovação da Vivo, diz que, apesar já existir a assinatura de serviços como Amazon Prime Video Tidal e NFL via fatura, a iniciativa de pagar por aplicativos e recursos de uma loja é pioneira. “Essa união é boa para a Vivo, que oferece um serviço adicional; para a Samsung, que pode aumentar o mercado para os desenvolvedores de aplicativos da sua loja; e para o cliente, uma vez que nem todo mundo tem cartão”, declarou Sanfelice a EXAME. O executivo contou ainda estar em negociação com várias outras empresas para levar esse recurso de cobrança na fatura a outras lojas virtuais.

Para evitar problemas com fraudes na Galaxy Apps, a Vivo conta com um sistema de autenticação via SMS. Toda vez que uma compra for feita, é preciso inserir um código diferente que é enviado ao cliente por mensagem de texto. Desse modo, se quem tentar comprar um ou vários aplicativos, não conseguirá completar a transação sem ter o celular por perto. Assim como outras lojas, a Galaxy Apps tem um procedimento para solicitação de reembolso, que pode ser usado, por exemplo, se uma criança com acesso ao aparelho fizer diversas compras sem autorização dos pais.

Antes da cobrança na fatura, a única outra forma de conseguir comprar aplicativos em lojas virtuais era por meio da aquisição de créditos pré-pagos, como os oferecidos pelo Google para a sua loja Play Store. Ainda não há previsão de quando outras lojas de apps receberão a novidade.