Samsung lança novos tablets Galaxy Tab 3

Na Coreia do Sul, marca apresenta novos tablets da linha Galaxy Tab, com 8 e 10,1 polegadas, e promete levá-los para outros países ainda neste mês

São Paulo – A Samsung anunciou hoje, em Seul, Coreia do Sul, dois novos modelos que fazem parte da terceira geração de tablets com Android Galaxy Tab: uma versão intermediária, com display de 8 polegadas e outra maior, com 10,1 polegadas. A empresa já havia anunciado um modelo pequeno, com 7 polegadas, no final de abril.

De acordo com a Samsung, os novos Galaxy Tab 3 vão desembarcar em outros países ainda no início de junho, mas não há uma data específica. Ainda sim, o histórico da agilidade na distribuição de produtos da marca joga a favor dos consumidores brasileiros.

Rápida em levar seus lançamentos para diferentes destinos do globo em um curto espaço de tempo, a Samsung deve, em breve, trazê-los ao Brasil.

O dispositivo intermediário, de 8 polegadas, foi desenhado para ser segurado com apenas uma mão. Seu tamanho contribui para que seja levado para qualquer lugar, seja como e-reader ou para navegar pela web.

Equipado com Android 4.2, tem duas câmeras, uma traseira de 5 megapixels (MP) e uma frontal de 1,3. Ainda oferece suporte para 3G e Wi-Fi, pesa 314 gramas e tem 7,4 milímetros de espessura.


Ao contrário do primeiro, o Galaxy Tab 3 de 10,1 polegadas é uma alternativa para quem quer um dispositivo para entretenimento em casa. Além da tela maior, ele pesa 510 gramas e tem 7,9 milímetros de espessura.

Processador de dois núcleos e Android 4.2 também fazem parte das especificações. A câmera, contudo, tem resolução inferior que a do modelo menor: a traseira tem 3 MP, já a frontal tem 1,3. O tablet não conta com 3G, apenas suporte para Wi-Fi.

Disputa

Os lançamentos consolidam a presença da Samsung nas três faixas principais da categoria: a dos dispositivos maiores, a dos aparelhos intermediários e dos tablets menores.

De olho na liderança, que, para a consultoria ABI Research, segue firme com o iPad da Apple, a fabricante sul-coreana parece apostar no crescimento das vendas de aparelhos menores.

De acordo com a International Data Corporation (IDC), os tablets mais vendidos em 2013 serão aqueles com menos de 8 polegadas. Segundo suas estimativas, estes passarão a dominar 55% do mercado e, até 2017, abocanharão 57% da categoria.

Já os dispositivos com tela entre 8 e 11 polegadas devem observar queda de 43% de participação neste ano para 37% em cinco anos.