Samsung lança linha de celulares Galaxy M com venda só na internet

Aparelhos chegam com câmeras que têm a amplitude de captura de uma GoPro

São Paulo — A sul-coreana Samsung renovou o seu portfólio de smartphones intermediários com a nova linha Galaxy M. Ela chega com produtos para faixas de preço de 899 reais a 1.499 reais e terá venda somente via internet, nas redes de varejo online — uma decisão inédita para a Samsung.

No total, são três novos modelos de celulares Android da Samsung que chegarão ao Brasil em maio. Eles são chamados M10, M20 e M30. Todos contam com o padrão de tela ampla, sem botões físicos na dianteira, conceito de design que a empresa chama de display infinito.

O Galaxy M30 é o mais avançado dos três. Ele tem tela de 6,4 polegadas com resolução Full HD, 64 GB de memória, 4 GB de RAM, leitor de impressões digitais e sensor de reconhecimento facial. Sua bateria é de 5.000 mAh, acima dos 3.000 mAh normalmente vistos em celulares Android.

Smartphone Samsung Galaxy M30 M30: aparelho tem câmera traseira tripla

M30: aparelho tem câmera traseira tripla (Lucas Agrela/Site EXAME)

A câmera traseira do produto é tripla. Duas delas (13 MP e 5 MP) servem para tirar fotos com fundo desfocado, enquanto a terceira tem lente grande angular (ultrawide), como a de uma GoPro, com ângulo de captura de 120 graus. Na dianteira, a câmera única tem resolução de 16 megapixels. O preço sugerido do Galaxy M30 é de 1.499 reais.

O Galaxy M20 tem os mesmos recursos que o M30, exceto pelas câmeras. Para fotos, o aparelho vem com câmera traseira dupla, uma de 13 MP e outra de 5 MP, segundo que essa segunda tem lente grande angular. Na dianteira, a câmera tem 8 MP, O preço sugerido do aparelho é de 1.199 reais.

Já o Galaxy M10 é o mais básico da linha M. Ele tem processador mais lento (1,6 GHz contra 1,8 GHz dos demais). Suas câmeras também são mais simples. O interessante é que, mesmo na faixa de preço abaixo dos mil reais, ele já oferece ao consumidor uma câmera grande angular, assim como no M20 e no M30. Além dela, há também uma câmera, de amplitude de captura tradicional, com 13 MP de resolução. A câmera frontal tem 5 MP. O preço sugerido do Galaxy M10 é de 899 reais.

Veja também

 

 

Primeiras impressões

As primeiras impressões dos aparelhos M30 e M20 foram positivas. Eles se mostraram plenamente funcionais em todos os aspectos essenciais. A velocidade de abertura de apps foi adequada para a categoria e o design ajuda a levar o conceito de tela infinita a um novo público, o que democratiza o padrão visual adotado pela Samsung desde 2017.

O M10 também se mostrou com desempenho aceitável, mas é nítido que falta poder de processamento ao produto. Ao tirarmos fotos com ele, leva mais de um segundo até que as imagens sejam efetivamente registradas na memória. Com o tempo, o aumento da complexidade dos aplicativos do cotidiano podem deixá-lo com performance aquém do ideal.

Concorrência

A linha Galaxy M é a primeira que a Samsung lança no mercado nos últimos anos. Antes, ela adotava a tríade Galaxy J, Galaxy A e Galaxy S — Além do Note, que é uma categoria posicionada em um segmento ainda mais premium. Com a chegada da M e a recente renovação da linha A, a J fica no passado. Sobraram no mercado os mais recentes J2, que contam com sistema Android GO, uma versão do software que é otimizada para celulares com 1 GB de memória RAM.

Com esse novo contexto, a Samsung coloca a linha Galaxy M para concorrer na faixa de preço em que são vendidos os produtos da linha de maior sucesso da história da Motorola: os Moto Gs. A recente geração, Moto G7, se posiciona no mercado com três modelos: Play, G7 e G7 Plus. A Motorola é a segunda empresa que atualmente mais vende smartphones no Brasil, atrás da Samsung, de acordo com dados da consultoria IDC.

A Asus também lançou recentemente aparelhos para essa categoria, que tem preços de até 1.500 reais. Os mais novos são o Zenfone Max Shot e o Max Plus M2. Por fim, há o K12+, um smartphone da LG que chegou ao mercado com o diferencial de ter um sistema de som 3D que funciona sem a necessidade de fones de ouvido especiais.

Os novos Galaxy M chegam com câmeras que fazem o trabalho de uma GoPro na captura de imagens amplas. Nesse ponto, apenas a Asus rivaliza com a Samsung nessa faixa de preço.