Samsung apresenta segunda versão de ´mouse ocular´

O EYECAN+ é voltado para pessoas com problemas motores que não conseguem usar normalmente um computador

A Samsung apresentou nesta terça-feira (25) a segunda geração do EYECAN, uma espécie de “mouse ocular” voltado para pessoas com deficiências motoras e incapazes de usar normalmente um computador.

Desenvolvido por um grupo de engenheiros voluntários da empresa na Coreia do Sul, o EYECAN+ dispensa o uso de óculos, como era necessário na versão anterior do aparelho, lançada em março de 2012.

Conectado a um monitor convencional, o EYECAN+ é calibrado com o olho do usuário, que precisa estar entre 60 cm e 70 cm da tela e em qualquer posição.

Assim que está calibrada, a interface do EYECAN+ aparece como um menu pop-up, contendo 18 comandos diferentes, como colar, copiar, ampliar ou arrastar.

O usuário consegue clicar com uma piscada e seleciona elementos da tela fixando o olhar por alguns segundos sobre determinado item.

A Samsung não planeja vender o EYECAN+, mas irá produzir uma quantidade limitada do aparelho e doar para instituições de caridade. 

A tecnologia e o design do EYECAN+ serão abertos na internet, acessíveis às empresas e organizações que queiram comercializar o sistema.