Rússia aprova uso de tropas na Ucrânia

Ministro ucraniano já havia dito que 6 mil soldados russos desembarcaram na Crimeia

A Câmara Alta do Parlamento russo aprovou neste sábado a proposta do presidente do país, Vladimir Putin, para enviar tropas russas à região ucraniana da Crimeia.

O Conselho da Federação apoiou com ampla maioria a proposta para usar “as Forças Armadas da Federação Russa no território da Ucrânia até a normalização da situação sociopolítica naquele país”.

O Conselho afirmou que a decisão tinha efeito imediato.

Mais cedo, o Ministro da Defesa da Ucrânia havia dito que a Rússia havia enviado 6 mil soldados para a região da Crimeia. “Neste momento, a Rússia aumentou suas tropas (na Crimeia) em 6 mil soldados (…) E também mobilizou fora de suas bases frequentes 30 blindados nessa região”, declarou Teniuj durante a sessão do Conselho de Ministros, segundo a imprensa ucraniana.