Rolls-Royce quer lançar o avião elétrico mais rápido do mundo

Iniciativa é financiada por programa britânico

São Paulo – A Rolls-Royce planeja lançar um avião elétrico que pode atingir 480 Km/h nos céus da Grã Bretanha em 2020. A novidade é parte de uma iniciativa financiada pelo governo do Reino Unido chamada “Acelerando a Eletrificação do Vôo” (ACCEL).

O recorde atual de velocidade máxima atingido por um avião totalmente elétrico pertence à Siemens, que atingiu 337 Km/h com seu Extra 330LE em 2017.

O avião terá três motores elétricos projetados para produzir mais de 500 cavalos de potência, e seu trem de força totalmente elétrico produzirá 90% de eficiência energética. A nave terá também uma bateria de 6 mil células. Segundo a Rolls-Royce, esse será o equipamento de energia mais eficiente já criado para uma aeronave.

 (Rolls-Royce/Divulgação)

“Este avião será alimentado por um sistema elétrico de última geração e pela bateria mais potente já construída para vôos”, disse Matheu Parr, gerente de projetos da ACCEL, durante o anúncio da novidade. “Neste ano, vamos demonstrar suas habilidades em exigentes ambientes de teste antes de ir para o ouro em 2020 a partir de uma pista de pouso no litoral galês.”

A Rolls-Royce pretende usar a tecnologia construída com a iniciativa para seguir adaptando sua frota à era dos combustíveis que não geram poluentes. “Já traçamos uma série de estratégias a partir dos desafios únicos de design e integração”, disse Parr. “E estamos ganhando o conhecimento para não apenas sermos pioneiros no campo da aviação de emissões zero movida a eletricidade – mas para liderá-la. Neste ponto, nossa confiança é alta.”