Robô russo era, na verdade, um homem disfarçado

Robô Boris não era exatamente um robô

São Paulo – Uma rede de televisão pública da Rússia exibiu uma reportagem nesta semana sobre um fórum de robótica e levou um robô para o estúdio que já teria aprendido a dançar. Chamado Boris, ele seria o “robô mais avançado do país”–se fosse realmente um robô. Boris era, na verdade, um homem disfarçado.

O suposto robô conversou com pessoas e disse à plateia que já sabia matemática, mas queria aprender a desenhar, como um próximo passo evolutivo.

De acordo com reportagem do The Guardian, Boris era interpretado por um ator com uma fantasia de 3 mil euros de uma empresa chamada Show Robots.

Robo-Boris-

 (Russia 24/Reprodução)

A foto do ator com a fantasia foi publicada pela MBKh Media, uma agência de notícias fundada por Mikhail Khodorkovsky, opositor de Vladimir Putin. A organização do Fórum de Tecnologia Proyektoria, que acontece anualmente, não tentaram mostrar o Boris como um robô real.

Robôs famosos, como os da Honda ou da Boston Dynamics, não são grandes o suficiente para que um homem adulto caiba dentro deles, um dos pontos que levantou a hipótese inicial da farsa.